Arquivo de Notícias
Página inicial » Arquivo de Notícias » Riscos Psicossociais e Stresse no Trabalho
Riscos Psicossociais e Stresse no Trabalho
"Uma gestão eficaz da segurança e da saúde no local de trabalho é benéfica para os trabalhadores, para a empresa e para a sociedade em geral." Em tempos de incerteza económica, é especialmente importante ter isto presente, pois é essencial que as empresas mantenham a produtividade.

stress-medi-tQuando se trabalha sob pressão para cumprir prazos, a probabilidade de ocorrência de erros é maior e os acidentes são mais frequentes. Poderia haver a tentação de subestimar a segurança e saúde no trabalho (SST) nos locais de trabalho, associando-os a uma «carga administrativa», que apenas se limita a cumprir obrigações legais. Mas essa seria uma atitude contraproducente. É sempre importante estarmos conscientes dos riscos no local de trabalho, e geri-los em conformidade.

"Locais de trabalho saudáveis contribuem para a gestão do stresse" 2014 2015, é o slogan duma campanha organizada pela Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho (EU-OSHA). O seu principal objetivo é ajudar os empregadores, quadros dirigentes, trabalhadores e representantes dos trabalhadores a reconhecer e a gerir o stresse e os riscos psicossociais no trabalho. Esta campanha é uma forma de convencer os empregadores que as suas obrigações legais são relevantes para gerir uma empresa com êxito e manter uma mão-de-obra motivada e saudável. A gestão do stresse e dos riscos psicossociais requerem a implementação de medidas organizacionais, e neste contexto a Medi-T considera importante sensibilizar e divulgar ao tecido empresarial português com o conteúdo desta campanha.

Os riscos psicossociais e o stresse relacionado com o trabalho são das questões que maiores desafios apresentam em matéria de segurança e saúde do trabalho. Cerca de metade dos trabalhadores europeus considera o stresse uma situação comum no local de trabalho, que contribui para cerca de 50% dos dias de trabalho perdidos. À semelhança de muitas outras questões relacionadas com a saúde mental, o stresse é frequentemente objeto de incompreensão e estigmatização. No entanto, se forem abordados enquanto problema organizacional e não falha individual, os riscos psicossociais e o stresse podem ser controlados da mesma maneira que qualquer outro risco de saúde e segurança no local de trabalho.

Sabia que...

- Cerca de metade dos trabalhadores considera o stresse relacionado com o trabalho como algo comum no seu local de trabalho, e que o stresse é o segundo problema de saúde relacionado com o trabalho mais frequentemente reportado na UE?

- 50% a 60% da totalidade dos dias de trabalho perdidos são atribuídos ao stresse relacionado com o trabalho e aos riscos psicossociais?

- Um em cada seis trabalhadores será afetado por problemas de saúde mental durante a sua vida de trabalho?

- À escala nacional, os custos dos riscos psicossociais no trabalho atingem milhões de euros?

- Vale a pena gerir o stresse e os riscos psicossociais no trabalho, pois as vantagens para a atividade económica superam os custos de implementação de medidas que de outro modo seriam necessárias?

 

Saiba mais sobre o Stress no Trabalho AQUI .

Consulte-nos caso necessite de esclarecimentos adicionais:
E: medi-t@medi-t.pt
T: 808 915 361